Chef Laurent Suaudeau lança instituto de formação gastronômica

Voltada para jovens de baixa renda, a escola pretende garantir qualificação profissional no ramo

0
844

Francês radicado no Brasil, o chef Laurent Suaudeau é famoso pela habilidade na formação gastronômica, processo que exercita na sua Escola da Arte Culinária Laurent, que mantém no Jardim América, em São Paulo, desde 2000. Aprenderam com seus ensinamentos, por exemplo, Jefferson Rueda, atualmente à frente do A Casa do Porco, e Rodrigo Oliveira, que comanda o Mocotó. Pudera, afinal o chef teve restaurantes e pratos de alta gastronomia bem recebidos pelo público e premiados pela crítica.

Apaixonado pelo país que o adotou em 1980 e que vem lhe tratando muito bem, ele lançou no mês de novembro o Instituto Laurent, centro de capacitação e qualificação profissional na área gastronômica. Buscando atingir jovens em situação de vulnerabilidade social, a organização não tem fins lucrativos e é uma forma de passar para frente a larga experiência do francês apaixonado por mandioca, um dos primeiros ingredientes brasileiros que conheceu.

Segundo ele, trata-se de um projeto de inclusão no mercado. As atividades preparatórias são voltadas a jovens que têm entre 16 e 21 anos, que estão estudando na rede pública e interessados em seguir carreira no nicho. Após o processo seletivo, os estudantes, em turmas de até 12 pessoas, terão aulas por um ano junto ao chef e sua equipe. Haverá, também, consultoria de duas professoras da Pontíficia Universidade Católica de Campinas (PUC-Campinas).

Além da realização do sonho de contribuir com o universo culinário no país, Suaudeau também teve outra conquista no dia da inauguração do local: recebeu prêmio de ordem máxima pelo serviço prestado à nação francesa, o Ordre National de la Légion d’Honneur. Após o reconhecimento, com o Instituto Laurent, ele não parece ter planos de parar: a primeira turma, formada em parceria com a Nestlé, já está formada e empregada com Suaudeau ou em locais de sua recomendação. A segunda turma iniciou o curso em outubro e a iniciativa, que está ligada a um projeto cidadão de consciência social, já é um sucesso.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here