Guia Descorchados 2015 tem capítulo com brasileiros

0
621

Com mais de mil páginas, a mais nova edição do guia de vinhos Descorchados, o mais conhecido da América Latina, acaba de chegar às livrarias. E com uma bela surpresa: este ano, pela primeira vez, um capítulo inteiro é dedicado aos espumantes brasileiros.

+ Restaurantes de SP e RJ incluem vinhos da Vinícola Guaspari

O guia foi criado em 1999 para selecionar os melhores rótulos do Chile – país do fundador, o crítico Patricio Tapia. Desde então, o especialista já acrescentou vinhos argentinos e uruguaios ao seu periódico. Uma versão em 2010 listava rótulos brasileiros, mas a edição não teve a participação de Tapia.

Quem faturou o título de melhor espumante nacional foi o Cave Geisse Terroir Nature 2009, produzido em Pinto Bandeira, na Serra Gaúcha, pelo chileno Mario Geisse. Além deste, destacaram-se também: Adolfo Lona Pas Dosé Nature, Casa Valduga Gran Reserva Nature, Estrelas do Brasil Nature e Pizzato Vertigo Brut Nature.

+ Mistral traz ao Brasil o vinho Nano Sauvignon Blanc

Em entrevista ao jornal Folha de S. Paulo, no fim do ano passado, Tapia elogiou a produção nacional e revelou que pretende incluir vinhos não espumantes nas próximas edições. “O nível dos espumantes brasileiros subiu muito em pouco tempo e hoje é superior ao dos tranquilos, e mesmo similar ao de mercados mais desenvolvidos; por isso a opção de incluir primeiro os espumantes. Mas queremos, no futuro, incluir tintos, brancos e rosés também.”

Além do ranqueamento, o guia traz notas de degustação, harmonizações, mapas e apresentações de mais de 350 vinícolas do Chile, Argentina, Uruguai e Brasil.

Guia Descorchados 2015
Editora: Inner
1057 páginas
R$ 105,00