Muito tem se falado em releituras de receitas de grandes clássicos da gastronomia. Muitos pratos apresentam a comida como se fosse o resultado de intensos estudos para o design perfeito, como verdadeiras obras de arte. Mas receitas ou dicas de doces – esculturais, tradicionais ou moderninhos –, não é o assunto de hoje. Então, se vamos tratar de redesign, dessa vez vamos falar sobre mesas? Mas apenas sobre mesas? Não.

O redesign pode estar a serviço da gastronomia e entrar em inúmeros objetos que podem estar espalhados (e até perdidos) pela casa, em peças que parecem fadadas a ter uma única função na sala ou no quarto, até que nossos herdeiros decidam dar um fim nelas. Talvez você tenha um belíssimo acervo de porcelanas, pratarias e cristais para receber um grupo numeroso de amigos na sua casa. Mas será que precisa ser sempre tão comportado, formal e convencional? Sempre adorei inventar algo diferente na hora de preparar mesas e servir as receitas da ‘mamma’, com algumas releituras ou não, nas comemorações em casa. Por conta disso, chego a sofrer alguns simpáticos bullyings, confesso. Qualquer almoço de domingo é chamado de ‘cerimonial’, só para dar um exemplo.

Há alguns dias estive na 1ª Mostra & Degustação em #redesigngastronomia (exatamente assim). Eu já conhecia uma das áreas da empresa, a ID Rent Design, que nasceu com a proposta de estimular a utilização, de forma simples e acessível, de objetos de design, compartilhando peças exclusivas que passam por diferentes casas e lugares. Nesse conceito, o mais importante é apenas usar (e até reusar), sem precisar consumir e entulhar a própria casa. “Com o modelo de negócio de locação, impactamos a vida das pessoas com o design compartilhado ao entregar exclusividade por meio dos detalhes da arte”, explica Tatiana Z. Nudelman, uma das sócias e curadora do acervo da empresa.

Mas o que seria uma mostra que junta um incrível acervo, que pode ser alugado por apenas um dia, com gastronomia? E ainda pretende estimular as pessoas a praticarem redesign com o que têm na própria casa? Nessa mostra me senti num pedacinho de paraíso lúdico, perfeito para quem gosta de inventar novos e inusitados usos para conhecidos objetos. Alguma vez você dispensou as jarras e ofereceu um chá gelado dentro de um enorme vaso de Murano, para que os próprios convidados se servissem usando conchas? Ou então já imaginou servir saladinhas expondo-as num grande painel, que poderia ter sido um excelente organizador para acomodar potinhos com diferentes botões num ateliê de costura, ou para separar os mais diversos tamanhos de parafusos numa oficina? E juntar vários modelos e tamanhos diferentes de vasos e fruteiras de cristal para montar suas pastas e torradas que serão servidas num coquetel? Foi tudo isso, e muito mais, que encontrei nesse evento.

“O redesign nos inspira a usar a criatividade de forma única, pois ao invés de descartar peças ou objetos de decoração e de casa, encontramos novas funções para uma peça que parecia não ter mais funcionalidade alguma”, diz Tatiana. Seguindo esse pensamento, você conhece alguém que foi comprar dúzias de tigelas de sobremesa na barraca de frutas da feira? Pois neste evento, a salada de frutas, decorada com flores comestíveis, foi servida em metades de coco, como se fossem cumbuquinhas, mas totalmente naturais, com a casca dura e marrom, e sem eliminar a polpa branca. Um antigo suporte de ferro, que originalmente imagino ter sido criado para acomodar velas, foi perfeito para servir desde pequenos docinhos até generosas bolas de algodão doce.

Talvez o principal propósito desta iniciativa tenha sido apresentar novas formas de serviço para inovar no segmento de gastronomia e decoração para festas. Mas, sem dúvida, deixou um delicioso convite também para o nosso dia a dia. Basta aplicar o redesign, com criatividade e bom gosto. Se quiser um toque diferente, misture suas peças com outras de locação. Não dispense boa gastronomia, feita em casa ou contratada. Divirta-se dando nova utilidade às coisas, e sirva até algumas releituras de drinques e pratos clássicos. As delícias podem estar nas gavetas de uma cômoda, penduradas num painel de recados, ou em caixas, vasos e pequenos baús sobre mesas.

IDesign Group – Rua Itamarati, 55, Pacaembú, São Paulo-SP. Tel.: (11) 3063-1292

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here