Desde o ano passado, a culinária do sudeste asiático está sob os holofotes. Londres e Nova York, duas capitais efervescentes quando o assunto é boa gastronomia, ganham cada vez mais restaurantes especializados em phở bò ou gỏi cuốn. Em uma viagem para Hanoi, no Vietnã, o chef e apresentador Anthony Bourdain sentou-se à mesa com ninguém menos que o então presidente Barack Obama para dividir bún chả e uma cerveja.

E em 2017, essa culinária continua sendo apontada como uma tendência, arrecadando cada vez mais fãs, mas por que esse repentino e crescente interesse? A resposta é, na verdade, bem simples. A cozinha do sudeste asiático, principalmente do Vietnã, é considerada uma das mais saudáveis do mundo, rica em vegetais, ervas frescas e especiarias.

Em comparação a pratos chineses, tailandeses ou indianos, a comida vietnamita é bem menos gordurosa e apimentada, sendo assim, mais leve. Também é uma boa pedida para pessoas com dietas restritas que não querem abrir mão de refeições saborosas, já que há uma gama generosa de opções vegetarianas, livres de lactose e sem glúten.

O Vietnã é uma nação que conhece a paz há pouco tempo. Por quase um milênio ficou sob domínio dos chineses, foi colônia francesa até 1954 e quando as tropas americanas se retiraram de seu território, em 1975, o país se envolveu em um derradeiro conflito com o Camboja que terminou somente em 1989.

O reflexo dessa história pode ser visto em seus pratos mais típicos, o macarrão e o arroz – base da cozinha vietnamita – são influências da China; da França vieram ingredientes europeus, como café, tomates e até amendoim; do Camboja, o leite de coco e o uso de pimenta. Esse encontro de sabores faz com que o resultado fique longe de ser sem graça.

Atualmente, o restaurante que melhor representa essa gastronomia no Brasil é o Miss Saigon. Especializada em pratos típicos do sul do Vietnã (região que ainda mantém muito de sua culinária tradicional e ancestral), a casa existe desde 2013 no bairro paulistano de Moema e todos os funcionários são vietnamitas, inclusive o chef Vo Van Phuoc, nascido em Quy Nhon, no centro do país.

Para realmente explorar a cozinha do Vietnã, comece por um dos petiscos mais famosos do sudeste asiático, o gỏi cuốn, que faz as vezes de um rolinho primavera, mas é feito com papel de arroz e não é frito. A massa é recheada com camarão, carne de porco, verduras e uma quantidade generosa de hortelã, que traz bastante frescor. A porção vem acompanhada de um molho de amendoim.

Em seguida, outro clássico: o phở bò. Muito parecido com os noddles que viraram febre em São Paulo, este prato consiste em um macarrão de arroz, vegetais e bolinhos de carne bovina servidos em um rico caldo de carne com especiarias. Se quiser algo mais ao mar, prove o igualmente popular Hủ Tiếu hải sản, com talharim de arroz, lula, camarões, ovo de codorna e um perfumado caldo de peixe.

Se você for do tipo que prefere café amargo e sem açúcar, pule esta parte da refeição e vá direto para a conta. No Miss Saigon, o café é servido no estilo vietnamita: gelado e com leite condensado. Um experiência de sabores intensos do começo ao fim.

MISS SAIGON – Alameda dos Jurupis, 1374, Moema – São Paulo, SP. Tel.: (11) 4564-1419.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here